Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Células do fígado - hepáticas

Funcionamento de uma célula do fígado
 Os hepatócitos têm formato poliédrico e medem 20-30 mm.

 Estes se agrupam em placas que se anastomosam entre si formando unidades morfológicas chamadas lóbulos hepáticos. Cada placa é constituída por células dispostas em uma só camada.
 Cada lóbulo é uma massa poliédrica de tecido hepático de cerca de 0.7 por 2 mm de tamanho. Os lóbulos se encostam uns nos outros em quase toda sua extensão.
 No entanto, em algumas regiões, os lóbulos ficam separados por tecido conjuntivo e vasos. Estas regiões ocupam os cantos do poliedro e recebem o nome de espaços-porta. Cada espaço-porta é composto por uma vênula e uma arteríola (ramos da veia porta e da artéria hepática, respectivamente), um ducto biliar, vasos linfáticos e nervos. Este conjunto é cercado por uma capa de tecido conjuntivo, contínua com a cápsula de Glisson, que recebe o nome de placa limitante.
 Da tríade (espaço-porta), o sangue atravessa a placa limitante através de canais controlados por esfíncter. Esses canais descarregam o sangue nume rede de capilares chamada de sinusóides.

Funções

 Grande capacidade de captação devido às fenestrações que permitem o maior contado do sangue com a célula hepática (que tem microvilosidades). Aminoácidos, vitaminas, Lipídios e etc são captados.

 O cirrótico apresenta característica alterada com a menor captação: O homem com características femininas secundárias, possui menor captação de estrógeno.A mulher com características masculinas secundárias, possui menor captação de hormônio masculino.
 Quanto menor a captação maior é a concentração plasmática do hormônio.
 Insuficiência hepática: alteração do metabolismo de carboidratos , lipídios , aminoácidos.
 Transforma material captado em cromoléculas complexas. Ex:


aminoácido => Proteínas de coagulação sanguínea, glicose => glicogênio


  Transforma substâncias tóxicas ou potencialmente tóxicas em substâncias atóxicas pelo mecanismo de coagulação(Conjugação da droga com posterior eliminação pela bile)
  Devida a presença de célula Kupler (célula macrofágica) no espaço de Disse, o fígado tem função fagocitária .
 5. Secreção de substância do hepatócito para o canalículo biliar.

 Fisiologia
 


Síntese protéica: o hepatócito renova suas próprias proteínas e sintetiza várias outras para exportação como albumina, fibrinogênio, protrombina e lipoproteínas.

• Secreção de bile: função exócrina. Os principais componentes da bile são a bilirrubina (digestão da hemoglobina pela célula de Kupffer) e os ácidos biliares (90% circulação enterohepática e 10% hepatócito). • Depósito de metabólitos: glicogênio, vitamina A, gorduras neutras.
• Metabolismo: gliconeogênese
• Desintoxicação e Neutralização: muitas toxinas são neutralizadas pelos processos de oxidação, acetilação, metilação e conjugação. As enzimas que participam deste processo estão localizadas no retículo endoplasmático liso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário